3.2.20

10 dicas para um bom risoto



No ultimo sábado eu dei uma aula de risotos na loja Camicado do shopping Nova Iguaçu, e além de passar as receitas dei algumas dicas de como fazer um risoto.

O risoto é de origem italiana e deve ser preparado sempre com arroz arbóreo ou carnaroli, se usar arroz agulhinha não pode ser chamado de risoto, será apenas uma arroz mais incrementado. 

Eu acho um prato bem simples de ser elaborado, e sempre poder ser feito com o que tiver na geladeira, indo bem como prato principal, acompanhamento ou até mesmo como sobremesa!

O risoto tem alguns segredos que vou passar para vocês agora:
  1. Nunca lavar o arroz - quando lavamos o arroz tiramos parte do amido e é ele quem faz o risoto ficar cremoso;
  2. Usar sempre panela de fundo grosso - o cozimento do risoto é feito de forma lenta, quando temos uma panela de fundo simples o calor não é distribuído de forma igual na panela e corremos o risco do grão de arroz não ficar cozido  uniformemente;
  3. Usar sempre fogo médio - após o refogado inicial que usamos a cama alta, a temperatura de cozimento deve permanecer média, para que o grão não fique cozido por fora e cru por dentro;
  4. Caldo é o ingrediente principal - o caldo é o que dará sabor ao grão de arroz, e deve ser adicionado aos poucos e sempre quente para não interromper a cocção do grão. Priorize o uso de caldo caseiros, pois o industrializado tem muito sódio, você encontra no blog receitas de caldo de carne e caldo de legumes;
  5. Regar demais pode empapar - o risoto deve ser ao dente e se for colocado muito caldo corre-se o risco de deixar o risoto empapar, o ideal é colocar uma concha do caldo por vez e esperar o arroz absorver todo caldo para acrescentar mais, sempre provando o grão para verificar o se já chegou ao poto desejado;
  6. Mexer demais não é bom - temos que mexer o risoto para que os grãos liberem o amido, mas mexer demais pode provocar o rompimento do grão e empapar todo o risoto. O ideal é mexer toda vez que acrescentar o caldo e depois deixar quietinho;
  7. Adicionar os complementos só no final - a proteína ou legume que for saborizar seu risoto só deve ser adicionada ao final, você ira prepara-lo à parte deixar reservado e acrescentar ao risoto no final da receita, pois ninguém quer que eles acabem passando do ponto de cozimento;
  8.   Queijo é bom, mas - queijo sempre dá um sabor extra no risoto, mas se colocado no momento errado ele vai interromper a cocção dos grãos de arroz, o queijo deve ser adicionado quando o risoto já estiver pronto e com o fogo já desligado;
  9. Manteiga para brilhar - uma colher de manteiga com o risoto já pronto e o fogo desligado vai dar brilho e e sabor à sua receita;
  10. Sal sem medo - o sal deve acrescentado após começar a colocar o caldo que se for o caseiro não leva nada de sal, e deve ser acertado ao final da receita quando for colocar a manteiga.
Essas são minhas dicas para um bom risoto ao dente, e não esqueça cada 1 xícara de arroz cru você vai ter 2 1/2 xícara de risoto, se o risoto for prato principal calcula-se 1/2 xícara de arroz cru por pessoa.


6.1.20

Bolo de Reis



Hoje é dia de Reis, em alusão aos três Reis magos que visitaram Jesus no dia de seu nascimento. Geralmente é o dia de desmontar a árvore de natal e de juntar a família e os amigos para comemorar romã e esse bolo.

O tradicional bolo de Reis tem a forma redonda, com grande buraco no centro, é feito de uma massa fofa misturada com passas, frutos secos e frutas cristalizadas.

Há uma tradição de colocar no interior do bolo, um bibelô e quem encontra-lô será brindado com muita sorte e vira o “Rei” do dia.

Por aqui eu sempre coloco o bibelô e é sempre uma festa para quem encontra e vira ´”Rei” no dia de Reis.

A receita é cheia de especiarias, o bolo ficar perfumado e uma delícia.

20.12.19

Salada de batata doce com hortelã


Lá em casa tem alguns anos que faço essa salada e é sempre sucesso, é basicamente uma salada de batata, mas ao invés de usar a batata inglesa eu uso a doce.

O hortelã dá um toque de frescor que super combina com os dias quentes de dezembro.

18.12.19

Bolo vermelho natalino

Esse bolo é a cara do natal!! Massa vermelha com recheio e cobertura de brigadeiro branco e confeitos natalinos!
Para o topo fiz a arvore e o boneco de neve usando forma de acetato e chocolate branco

17.12.19

Pernil - Como fazer marinada




Pernil é bem natalino né?!

Apesar de ser bom comer o ano todo, como é uma peça grande geralmente fazemos quando vamos receber muita gente aí já associamos logo ao Natal!

Eu não acho pernil uma comida simples de ser feita, se não souber fazer a marinada direito ele fica sem gosto e se assar demais fica seco, logo tem que tomar alguns cuidados.

Primeiro segue como eu faço a marinada: